doloreslucia.cle@bol.com.br

domingo, 16 de setembro de 2012

Resumo das páginas 53 a 64 dos PCN's a respeito da prática de leitura. Por Dolores Rosa de Oliveira

A  leitura é um processo ativo que o leitor realiza da construção do significado do texto. Esta ação não se realiza apenas com a decodificação do código linguístico. É um processo de antecipação, inferência, seleção e verificação; recursos esses que possibilitam ao leitor rapidez e proficiência. Formar um leitor competente supõe-se usar dessas estratégias e isso se obtém com uma prática de leitura constante. Cabe à escola trabalhar com a diversidade de textos, organizando uma boa biblioteca e um acervo de classe e com propostas pedagógicas adequadas aos diferentes gostos e faixa etária dos alunos. Formar leitores é algo que requer metodologia por parte dos professores e recursos materiais disponíveis, devido a heterogeneidade dos grupos. Esses momentos de leitura devem proporcionar prazer aos alunos e tornar-se algo rotineiro, envolvente, estabelecendo-se assim um hábito mesmo fora da escola. O papel do professor na aquisição e compromisso da leitura pelo aluno é de fundamental importância no que diz respeito às condições descritas como ferramentas de leitura e das propostas pedagógicas orientadas especificamente no sentido de formar leitores eficientes, conquistadores da autonomia e independência com uma visão maior da realidade do mundo que o cerca.
Dolores Rosa de Oliveira

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Encerrando a semana temática, entretanto, cultivando bons hábitos de alimentação!

Durante duas semanas, além de ensinar as crianças a ler, escrever, brincar compartilhando os brinquedos, respeitando uns aos outros e os espaços da escola, também exploramos bastante o conteúdo "alimentação saudável". Desse modo, as crianças aprenderam com situações práticas. Também desenvolveram a imaginação com João e Maria, (aquelas crianças da história), que comeram muitos doces e depois de tantos problemas com a bruxa, acabaram por encontrar um verdadeiro tesouro: frutas, legumes, verduras, alimentos ricos em ferro e vitaminas, os quais os deixaram sadios e felizes!
Fotos e textos: Dolores Rosa de Oliveira













domingo, 22 de julho de 2012

Artes na Escola

Sabemos o quanto as atividades que envolve a criatividade libertam a imaginação. Dessa forma, compreendemos as ações de desenhar, colorir, recriar, cantar e contar histórias, como momentos  fundamentais para as crianças aperfeiçoarem a sua coordenação motora e expressarem os seus sentimentos.


A oração alimenta o espírito!